quinta-feira, 16 de junho de 2011

Duas vi(d)as

Eu gostaria que você escutasse essa canção e se lembrasse de mim, eu gostaria que você lembrasse da minha risada e risse junto, mesmo que estivesse completamente só. Ainda mais se estivesse a noite. E que daí viesse uma cascata de lembranças, e que se lembrasse até dos meus erros com uma dose cheia de carinho, sem nem conseguir me julgar. E quando fosse tentar dormir, eu gostaria de estar em seus sonhos também, e que nessas horas você desejasse jamais acordar. Por eu ser alguém melhor para você, por te dar toda a atenção que você precisa. E gostaria que você quisesse que os dias passassem mais rápido só para me ver mais uma vez, porque mesmo uma vez mais seria pouco demais pra você. E eu gostaria que quando você estivesse comigo o tempo se congelasse. Só por eu estar lá.

Eu gostaria que seu coração batesse forte quanto mais você se aproximasse de mim, e que as palavras não conseguissem sair ou que você não tivesse palavras. Por seus olhos me mostrar tudo o que você precisasse dizer. E eu também gostaria de ver o sofrimento dentro deles. E eu gostaria de entrar neles para lhes dizer que tudo vai ficar bem, mesmo sabendo que não vai. Eu gostaria de jogar com você, brincar com seus pensamentos que geram sentimentos. Eu gostaria de te confundir, e de te deixar morrer ainda com vida. Por te enterrar enquanto me amasse.

Eu gostaria de não deixar espaço para você mesmo, e gostaria que você não tivesse espaço para mais ninguém. Senão por mim. Eu gostaria que você não tivesse paz, mas sentisse dor. Eu gostaria que isso te corroesse por dentro, por você ser invisível, mas seu sentimento visível. E não o contrário. Só por eu ser insensível. E principalmente, eu gostaria que você não tivesse uma vida, isso só para que você pudesse sentir e compreender a forma como você tirou a minha de todas as formas possíveis.

"- Você poderia trocar de lugar comigo?
- Por que?
- Eu não consigo enxergar de longe."

7 comentários:

Owl disse...

"Agora você se foi e não tive coragem de olhar-te nos olhos e dizer 'eu amo você'. Restou para mim a visão, sobre lágrimas, de um amor que eu não vivi. Restou para mim, em minha mente, a impressão de um toque que eu nunca senti (...) Ficou a angustia da incerteza: o que estará ele fazendo, por onde anda? Será que se recorda de mim? (...)Nesse momento quero apenas que saibas que eu amo você, e o quanto mudou a minha vida sem nem ao menos ter participado dela (...) Vou sentir saudade do frio na barriga e a tremedeira que eu sentia quando você estava por perto. Vou sentir saudade de desejar que você me dissesse oi (...) Mas você seguiu em frente, e só me resta fazer o mesmo, já que esse amor nunca deixará de ser apenas um fantasma da minha mente."

Lindo seu texto Igor. Já estive por tantas vezes nesse lugar, e dolorosamente estou novamente, que é como se essas palavras já estivessem desgastadas mesmo que eu nunca as tenha lido. Sei o quanto dói, assim como sei que o quanto antes se aceita a realidade, mais rápido a ferida se fecha :)

Pramod Negi disse...

I liked it so much and very interesting, too! Thanks for sharing the experience.
Wonderful post, really great tips and advice. I was interested by your comment,
Cheap Flights to Penang
Flights to Penang
penang Flights to

Amanhecer disse...

Todos nós devemos fazer alguma coisa (boa) por um mundo melhor. Por mais insignificante que seja, devemos.

Escrever é uma forma de agir nesta direção. Se uma pessoa ler a sua ideia, e gostar, certamente irá refletir e passar adiante.

Diana disse...

http://femulher.blogspot.com/
http://vendotudotudo.blogspot.com/

Maicon Henrique Weber disse...

Esta de parabéns. Texto agradável de se ler. Não só esse, mas como os outros que você também escreve. Abraços.

Bruno Gustavo . disse...

Caramba curti demais seu blog :s
Muito bem escrito muito maneiro mesmo paro mais de visitar não kkk,

Da uma visitada la no meu e vê se gosta valeu http://brunogustavo16.blogspot.com/

CONTINUA ASSIM

*Beebee* disse...

Incrível...parabéns.